Sua Empresa On

Fatores que reduzem o lucro nas empresas

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Se você chegou até esse artigo, entende que lucro e prejuízo são, de forma bem simplista, métricas básicas para avaliar a saúde financeira de uma empresa.

De antemão já avisamos que neste artigo não vamos dar o bêabê de como aumentar os lucros, mas sim apontar fatores que podem estar reduzindo seus números. Vale a pena dar uma olhada, né?

 

1. Falta de controle das informações

Quando falamos em controle de informações, pensamos logo em controle de caixa, e isso é uma obviedade. Nem precisamos ressaltar a importância de possuir esse controle financeiro, certo? Mas o ponto aqui é: sua empresa recebe informações e dados de compradores em potencial o tempo todo, sendo B2B ou B2C. Veja bem:

  • Se você possui um site, está recebendo tráfego de pessoas reais, e possíveis compradoras, e precisa coletar esses dados para aprimorar suas estratégias de marketing
  • Se você possui uma equipe de vendas que possui um canal direto de comunicação com o seu potencial cliente, precisa saber todos os passos que foram dados, de quais formas aquele lead foi impactado e quais os próximos passos a serem tomados para aumentar a produtividade e diminuir esforços de sua equipe comercial.

Esses são apenas exemplos de informações que você tem, mas não controla. O que isso significa? Significa que absolutamente tudo que acontece na sua empresa: um papel utilizado na impressora, a ligação do time de vendas, o post no Facebook e a compra de insumos são fontes de informações que todas as empresas têm, mas nem sempre possuem o controle delas. A partir do controle de dados, você conseguirá obter uma visão estratégica, racional e pautada em números do seu negócio, visualizando escapes e possíveis lacunas para investimentos.

Por isso, é necessário garantir que sua empresa mantenha sua base de dados sempre em dia e com todas as informações validadas, já que decisões baseadas em dados não concretos podem prejudicar seriamente a saúde financeira da instituição. A qualidade dessas informações vai ser a base para os processos transacionais, operacionais, financeiros e para estratégias de marketing e negócios.

 

2. Custos Operacionais

Faz sentido para você quando dizer que custos desnecessários = desfalque nos lucros, certo?
Mas todo mundo sabe que optar por documentos digitais e reduzir impressões é uma economia (e é sustentável!). Mas nem sempre essa lógica é uma tarefa fácil, e pode acabar prejudicando a qualidade do produto/serviço final, e não é isso que queremos.

Além dessas pequenas grandes economias, existe um outro método para sua empresa começar a economizar em processos operacionais, que é por meio da otimização.

Otimizar processos é basicamente observar todos os fluxos de atividades de trabalho de todo o time, com o objetivo de encontrar gargalos de produção, erros, retrabalho e desperdício de tempo/dinheiro. 

Os principais passos para a otimização de processos são:

  • Mapeamento das atividades de trabalho;
  • Identificação dos pontos de melhoria;
  • Implementação de melhorias;
  • Monitoramento dos resultados

Ter a visão sistêmica do todo permite que você visualize onde é preciso colocar mais ou menos esforço (seja em capital ou mão de obra), aumentando a produtividade do seu time como um todo. Afinal, como dizem por aí, time is money!

💡 Dica da SEOn: abra sua mente para as novas tecnologias! Elas são aliadas nessa busca pela otimização de processos, e podem te indicar novos caminhos!

 

3. Sua Empresa Online!

Pedimos permissão para o trocadilho desse tópico, mas é enfático: nos tempos de hoje sua empresa precisa estar disponível 24h horas durante 7 dias da semana.

Mas calma! Isso não significa que você e sua equipe precisa cumprir essa carga horária.

O que queremos dizer é que o seu potencial cliente não tem mais hora pra bater na porta. Isso significa que ela precisa estar aberta o tempo todo! 

Explicamos: Por meio de técnicas, tecnologias, ferramentas e ações de marketing digital é possível que sua empresa esteja disponível para vender dia e noite. Para começar a fazer isso, você vai precisar:

  • Investir no seu próprio site: se ainda não tem um, você precisa de um pra ontem! Existem inúmeras plataformas na internet que facilitam esse processo de criação e você também pode contar com o apoio dos nossos especialistas se for preciso
  • Campanhas de vendas online que sejam completas e exclusivas para o ambiente digital, vulgo Marketing Digital, que entrega conceitos como Inside Sales, Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo
  • Estar presente nas redes sociais que o seu público-alvo está mais ativo

Esse pequeno pack de dicas permitirá que seu potencial cliente acesse seus produtos/serviços a qualquer momento do dia, aumentando as chances de um fechamento de venda!

Posto isso, é possível entendermos que se sua empresa não possui um canal de comunicação online, impacta diretamente seus lucros! Vale a pena investir nisso, né?

 

Lucro reduzido – 3 causas e soluções

Em tese, uma boa saúde financeira requer controle de todos os processos e para atingir uma lucratividade maior é necessário estudar uma otimização constante de fluxos de trabalho. Use a tecnologia como uma aliada nesse desafio e a favor de todos os processos. 

Quer mais dicas sobre como fazer isso? Confira neste material 3 soluções para os problemas aqui apontados!

 

Conheça outros materiais gratuitos que disponibilizamos para você:

+Confira também: [GUIA] Facebook ADS: O Guia Definitivo

+Confira também: [E-book] Como usar o Whatsapp em estratégias de Marketing Digital

+Confira também: [E-book] O guia do Marketing no Facebook

+Confira também: SEOn Insights #1: Você já conhece o Google Trends?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *